Você está aqui
Home > Canela > Museu da Moda – Canela

Museu da Moda – Canela

Museu: viagem no tempo

Fazer uma viagem no tempo pela história da moda é algo que só se encontra no único museu do gênero no mundo: Museu da Moda.

Agora, além das exposições sobre a evolução da história ao longo de quatro mil anos do vestuário feminino, os visitantes terão a oportunidade de ver peças e acessórios da Maison Milka.

Para quem não dá muita importância à moda nos tempos atuais, é bom lembrar o quanto nossa maneira de se vestir reflete o comportamento das sociedades no mundo. O Museu da Moda proporciona uma verdadeira imersão no mundo da moda e dos costumes e objetos de época, independentemente de idade e grau de conhecimento.

Além disso, a experiência dos visitantes costuma ser sempre diferente de outras, ou seja, cada um observa, compreende e absorve o que está exposto de maneira distinta. Logo, o aprendizado em um museu tem um caráter único, condicionado à experiência individual do visitante e das circunstâncias da origem de cada exposição.

Um museu é a prova viva do que é a absorção de um conhecimento transmitido, justamente por ser um lugar de interação e de reflexão. Diversas histórias estão ali prontas para serem narradas, muitas de outras épocas evocando povos e civilizações antigas, com suas maneiras de viver e de vestir; estendendo ao mundo contemporâneo do qual fazemos parte.

E assim se reflete o Museu da Moda: uma reconstrução estética do vestuário feminino retratando a moda em diversas épocas, com destaque às réplicas de vestidos de rainhas e princesas: Antiguidade (nas civilizações Egito, Pérsia, Síria, Grécia, Roma, e Bizâncio), Idade Média, Iluminismo, Renascença, Era Napoleônica, Rainhas da França, Belle Epoque, Avant garde (Vanguarda), século XX e século XXI. Ícone da moda, a princesa Lady Di tem uma vitrine em sua homenagem, com réplicas de nove de seus famosos vestidos.

Vinte cenários retratam momentos históricos bem distintos, desde os anos 2000 a.C até o século XXI, com peças de decoração originais de cada período e lugar, a exemplo de pedras, lustres e tapeçarias adquiridos em antiquários. O objetivo é retratar, em cinco grandes salões, com 3.500 m2 de arte, o mais fielmente possível, a época em que as roupas eram usadas, mantendo a linha das costuras e dos tecidos.
Cada vitrine, distribuída em vários ambientes com produção de luz, cenografia e sonoplastia, possui sua história, muitas vezes mágica e surpreendente, capaz de oferecer uma experiência educativa e inesquecível na contemporaneidade.

Milka Wolff
www.museudamoda.com.br
milka@milka.com.br

Milka Wolff é estilista e curadora do Museu da Moda de Canela (RS)

Topo