Você está aqui
Home > Estética > O MAPEAMENTO FACIAL DA BIOCLIN BIOMEDICINA ESTÉTICA

O MAPEAMENTO FACIAL DA BIOCLIN BIOMEDICINA ESTÉTICA

Esta matéria tem um valor especial para mim, pois vou falar de uma experiência pessoal. Em algumas matérias anteriores, já falei sobre a rápida perda de colágeno e ácido hialurônico que naturalmente ocorre com o passar dos anos, depois dos 30 então parece que tudo vai desmoronando. Quem passou ou está passando por essa fase, vai entender do que estou falando… olhem as imagens abaixo:

Seja no processo de envelhecimento natural ou quando eliminamos peso muito rapidamente, não apenas a estrutura da pele, mas os músculos e ossos também tendem a se desgastar e começamos a perder a principal sustentação da pele. O sorriso começa a cair e os lábios perdem aquele contorno natural e lindo, as maçãs do rosto vão perdendo o formato, e como consequência o “bigode chinês”fica mais notório e mais ruguinhas vão aparecendo – Socorrrrroooo! No meu caso, comecei a sentir quando olhava as fotos de 10 anos atrás, e me sentia entristecida, pois nada mais estava como antes. Apesar de saber que junto da maturidade, acontecem alterações na face e no corpo, no meu caso teve o agravante da perda de peso (com 30 anos, eliminei 23 kg em 11 meses). Atualmente aos 35 anos, tomei a decisão de que deveria pensar além do corpo saudável. Sou uma mulher que aceita a chegada da idade, mas não por isso deixarei de me cuidar e manter minha autoestima inabalável. Como me disse a Dra Fernanda Cornely em uma das suas adoráveis consultas “Uma mulher satisfeita com a sua aparência, tende a ter bem menos problemas existenciais, tem autoestima elevada e lida melhor com as frustrações” – a maioria das mulheres com as quais convivo, concordam com isso também!

Fiz uma pesquisa sobre preenchimento com ácido hialurônico, toxina botulínica,e as opções que eu teria para deixar meu rosto mais delineado, porém sem exageros. De cara me identifiquei com a forma ética de trabalho da Dra Fernanda Cornely na Bioclin Biomedicina Estética. Carinhosamente eu apelidei de “fonte da juventude” o processo de mapeamento facial feito por ela – sobre o qual eu falarei em seguida.

Na consulta, ela me colocou frente a frente a um espelho extremamente nítido, com uma luz que mostra “a verdade como ela é” (risos) e me perguntou: “o que está te incomodando?”Eu que não sou boba, já tinha ensaiado tudo, comecei a dizer todos os pontos que a maquiagem não escondia e que me incomodavam de alguma forma. Ela pegou um lápis e minuciosamente começou a desenhar pontos que deixariam meu rosto mais harmônico. Como ela faria isso? Usando exatamente a combinação de Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico!

No mapeamento facial, ela leva em conta métricas faciais. São definidos os pontos de aplicação do ácido hialurônico a fim de sustentar o rosto, prevenir e tratar o envelhecimento, além embelezar e harmonizar a face.

Existem pontos específicos dentro do mapeamento, com funções e técnicas de aplicação diferentes.

Nem sempre a gente sabe exatamente o que dá para fazer no rosto, e o papel da Dra Fernanda Cornely é fazer com que a gente compreenda o que é prioridade no tratamento.

A Dra Fernanda me explicou que em muitos casos, a origem de uma insatisfação reportada pelo paciente pode estar localizada em uma área diferente daquela que o desagrada. Por exemplo, se a intenção é suavizar o “bigode chinês”, a aplicação do preenchimento pode ser feita na região das maças do rosto, pois, uma vez estruturada essa área, causa um efeito de lifting natural, a ruga do chamado “bigode chinês” será suavizada consequentemente. Interessantíssimo isso né? Lembrando que cada caso é um caso.

Voltando ao meu mapeamento começamos pela testa, e foi aplicado o botox, preservando meus movimentos de expressão (e olha que sou expressiva hein), e deu um leve “up” no olhar. Um detalhe super importante do botox: a aplicação não é igual para todo mundo, existem pessoas com a sobrancelha mais caída e tem como dar uma leve arqueada, e quem já tem a sobrancelha arqueada naturalmente não se deve arquear mais –é exatamente por isso que a gente vê por ai, aqueles casos de pessoas com cara assustada sabe?

As minhas maçãs do rosto me incomodavam por estarem mais caídas, foram preenchidas para ressaltar o efeito “blush”. Uma leve remodelação do malar e mandíbula com ácido hialurônico causam um efeito lindo, o rosto fica com ângulos, dá uma impressão de rosto mais fino e delicado e muitas vezes é confundido com bichectomia.

 Assim como eu, muitas pessoas já nascem com os lábios finos, muitas vezes nem tendo ligação com a idade. Existindo bom senso é possível desfrutar dos resultados maravilhosos que esse tratamento gera. A escolha de um bom especialista é essencial para garantir o efeito desejado, pois ele será o responsável por avaliar se é realmente necessário optar pelo procedimento e qual a melhor forma de realizá-lo!

                Se vocês se sentiram no mínimo curiosas sobre o procedimento, fiquem a vontade para me encher de perguntas pois na próxima matéria, farei uma entrevista exclusiva com a Dra. Fernanda Cornely!!!!

 

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo